Lula?! Blindem-no!

Posted: sábado, 16 de novembro de 2013 by Emmanuel do N. Sousa in
0


Eu assistia ao Jornal Nacional agora há pouco com a matéria sobre a prisão de alguns mensaleiros do esquema do governo PTista e - considerando o momento histórico que testemunhamos, quando pela primeira vez políticos e articuladores da corrupção ativa e passiva no nosso Brasil vão pra cadeia -, fico indignado com a blindagem que estes próprios condenados promoveram ao GRANDE LÍDER de tudo o que aconteceu: o próprio presidente, à época, Seu Lula!

"Eu não vi, eu não sabia de nada!"... POR QUÊ ESSA 'BALELA' COLOU???

Até o presidente do Banco do Brasil foi incluído no bando mas, na hierarquia administrativa, a autarquia BANCO DO BRASIL respondia diretamente à quem??? E esses articuladores do esquema atendiam às necessidades macros de QUEM???

É o nome que falta nessa lista de mal-entendedores da democracia brasileira.

Espero, ansiosamente, que esta ação federal sirva de gatilho para uma grande motivação que investigue esquemas semelhantes que operam nos outros níveis de governança nacional: Estados e Municípios, principalmente nos menores!

O Casamento Mágico

Posted: terça-feira, 5 de novembro de 2013 by Emmanuel do N. Sousa in
1

Nossa vida é efêmera! Infelizmente, para muitos, isso só é constatado no último lampejo de sinapse, ao fechar os olhos pela última vez. 

Quando vivemos para cumprir as determinantes científicas do "nascer, crescer, procriar e morrer" e não aproveitamos um momento sequer para, entre estes estágios, deixar uma marca contributiva da nossa passagem pelo mundo, ficamos devendo às gerações vindouras algo que seja aproveitado por elas como ensinamento. 

Os homens das cavernas - por exemplo - nos deixaram, nas incautas pinturas rupestres, lições de como se socializavam aquelas culturas, ou quais tecnologias lhe eram assistentes.

Não precisamos ser políticos, esportistas ou celebridades para deixar nosso nome escrito na História.

Basta que saiamos da zona de conforto do comodismo e do 'default', escanteemos o anonimato e tenhamos a audácia de fazer algo novo, inusitado, que quebre paradigmas, que leve a sociedade ao debate, à discussão.

Esse evento mostrado no vídeo, pra mim, representa esse "algo inusitado que quebra paradigmas".

Everlasting // Layane e André from DVD Studio Nordeste on Vimeo.