O Massacre do Realengo

Posted: quinta-feira, 7 de abril de 2011 by Emmanuel do N. Sousa in
4


Brasil, 07 de abril de 2011. Esta data entra para a História nacional e, mundial, infelizmente marcada por uma das maiores tragédias já ocorridas em nosso país; um psicopata adentrou uma escola estadual  no Rio de Janeiro e alvejou dezenas de estudantes, adolescentes, de faixa etária dos 12 a 14 anos, sendo vitimadas 11 (onze) à óbito e mais outra dezena levada em estado grave às casas hospitalares locais para devidos procedimentos de socorro.

Assistir ao espetáculo promovido por emissoras classe B e C, como Band e Record só nos faz lamentar pela qualidade dos profissionais que infestam nossa TV com a exposição da dor, em benefício de uma audiência, quando famílias em desespero procura um motivo para a banalização da morte, ocorrida na manhã desta quinta-feira.

Porém, assistir aos demais programas jornalísticos, à exemplo do conceituado Jornal Nacional, com matérias comedidas e bem editadas, nos coloca em sentimento de comoção, sem a necessidade de apelar para a barbárie das imagens do local do ocorrido, ou a repetição desenfreada de depoimentos comovidos de pais, professores, policiais ou os colegas de escola, sobreviventes, porém, vítimas da mesma atrocidade.

Notícias como essa choca as famílias. Em pleno horário nobre, àquelas que ainda reúnem-se para o colóquio informal são apresentadas a mais um relato de crime banal, praticado por um genocida frio, meticuloso e calculista, o que nos coloca numa situação de sujeitos passivos ante tamanha indiferença à vida...

Eram crianças, Meu Deus do Céu, ERAM CRIANÇAS!!! Assim como as demais passíveis de cuidados hospitalares também são!

Como lamento ter nascido nessa época e ter de testemunhar atrocidades como esta, além da violência gratuita que impesta nosso cotidiano como mostram os noticiários dia, após dia.

Consternado! Revoltado! Triste e angustiado. Esse é o meu desabafo silencioso através das linhas desse blog.

O corpo de anjos do céu está recebendo uma turma de recrutas neste dia triste para todo o Brasil.

4 comentários:

  1. O nosso país precisa rever conceitos de educação...
    A violência toma conta de tudo, de todos aqueles loucos, transtornados em não perceber nem saber o grau de gravidade e da dor que faz passar dessas famílias.
    E a mídia só quer ganhar e ganhar c isso, pq o que seriam deles sem a tragédia, sem a desgraça, a destruição, é só o que se vê nesse mundo.
    otima reflexao

  1. Vick says:

    Meu irmão, parabéns pelo desabafo, nada a acrescentar, só a aumentar a dor, a angústia e o lamento.

    Me preocupa o baixo nível da TV brasileira. Infelizmente, esse bandido está recebendo o que desejava: mídia!

    É preocupante a repercussão repetida, os passos e o banal motivo. Fico pensando na infinidade de malucos espalhados Brasil afora, seja em escolas públicas ou privadas, recebendo essas informações. O medo é de ser o primeiro de muitos casos.

    Que Deus nos proteja e nos livre!

    Abraço fraterno,

    Vick

  1. Jerller says:

    Deus abençoe essas crianças.É uma absurdo ter acontecido isso no Brasil,gostaria muito de saber qual serão as providências do governo a respeito disso?\

  1. Utamar says:

    Triste por algo jamais visto no nosso querido país, e espero que jamais possamos passar por algo parecido, meu sentimento aos famílias desses jovens que morreram pelas mãos desse psicopata. Parabéns pelas linhas de desabafo, belo texto com bastante coerência.