Hoje, Campina Grande não 'Despertou'

Posted: segunda-feira, 17 de janeiro de 2011 by Emmanuel do N. Sousa in
2

 
"Oração pela Família" (Pe. Zezinho)

Existem pessoas que não são da nossa família, não são nossos vizinhos, não conhecemos pessoalmente, mas temos um carinho tão grande que chegam a fazer parte do nosso cotidiano, de forma que se inserem em nossas vidas em determinados momentos e lhe tomamos a confiança com base, apenas, na segurança com que exercem suas atividades profissionais jornalísticas.

Estou ‘falando’ da função do radialista!

Hoje, especificamente, este preâmbulo está me levando à um estado de profundo pesar, pois Campina Grande não foi acordada hoje por uma das mais tradicionais vozes da radiofonia local; o jornalista, o professor, o ativista cultural, o multimídia Wilson Maux!

Por tantos anos fui acordado com sua voz à frente dos comandos da Rádio Campina FM em minha adolescência quando precisava levantar às 5:30hs para me aprontar para ir para o CAD... o programa “Desperta Campina” era a cara dessa aurora!

Às 6:00hs, sempre era executada a tradicional “Ave Maria” que me anunciava que em mais 30 minutos acabaria meu tempo para sair ao ponto do ônibus que dificilmente atrasava.

Sempre admirei as crônicas produzidas pelo Maux. Quando eu era criança, me lembro da primeira vez que compus um texto... Li para meu pai escutar, e meu avô vibrava de entusiasmo com aquela cena, e eu estava ali tampouco começando a desenvolver uma habilidade que me acompanharia pra sempre mas, antes de tudo, estava imitando o mestre Wilson Maux em suas crônicas diárias “Bom Dia para Você”.

Sua voz característica, marcante, facilmente era absorvida por nossa audição, pois tinha um efeito muito agradável, tamanha era a maestria na forma com que ela se utilizava de um dos seus melhores dons. 

O final do seu matutitino era marcado pela execução da "Oração pela Família", de Pe. Zezinho (SCJ), na qual ele oferecia pelas intenções diversas sugeridas pelos ouvintes que lhe telefonavam solicitando que naquela oração em forma de canção, estivesse também, a ação de graças e/ou pedido elevado às divindades.

O jornalístico "Jornal Integração" também tinha a "sua cara", do qual me informava sobre as notícias de nossa cidade e do nosso Estado.

Entre a emoção que me toma nesta manhã nebulosa de 17 de Janeiro de 2011, ouvia à pouco a Campina FM reproduzindo o encerramento do seu programa na sexta-feira passada, quando ele, alegremente, dizia “Até Segunda-Feiraaaaa!”.

Infelizmente, pra ele não houve segunda-feira! Um infarto fulminante não lhe permitiu despertar, nem despertar-nos... 

Hoje, Campina Grande não despertou.

***               ***               ***

O radialista Nixon Motta, da Campina FM, recebeu da esposa de Wilson Maux o texto da última crônica escrita na noite de ontem (Domingo 16.01.2011). Ironicamente, o título desse texto é "Segunda-Feira é Triste", do qual Nixon fez sua leitura, no programa de Josinaldo Ramos, postado a seguir:

2 comentários:

  1. Otaviano Barbosa (Vick) says:

    Parabéns meu irmão,

    você com sua verve conseguiu descrever o mito com sua voz!

    Wilson Maux era um paulista já paraibano, mais que isso, era Campinense de coração. Sua voz dificilmente será esquecida, pois, para nós que tivemos essa oportunidade de ouvi-lo, sempre ressoará seu "Bom dia Campina".

    Pela última crônica que falava de encontraro norte e da doce lembrança da mesa em família, Maux foi ao encontro do melhor banquete, com Deus, a Virgem Maria, o amigo Hilton Motta e tantos outros mitos, que deverão ficar eternizados pelo belo exercício de suas profissões.

    Campina perdeu, ganhou o Céu!

    Abraço fraterno,

    Vick

  1. Irmão, a cada texto você me supreende pelo seu talento e a maneira grandiosa como consegui passar a emoção para o texto.

    Congratulações do irmão, não de sangue, mais de uma amizade verdadeira. construida ao longo dos anos.