Fluminense Football Club, Campeão Brasileiro de 2010

Posted: terça-feira, 7 de dezembro de 2010 by Emmanuel do N. Sousa in
0

E o Fluminense, heim?! Vinte e Seis anos que não reconquistava o título de campeão brasileiro de futebol.

Depois de três anos (2006, 2007 e 2008) dominados por um único time (São Paulo FC), os certames de 2009 e 2010 ofereceram um pouco de emoção à insossa modalidade da disputa por pontos-corridos com a presença de três times disputando o título na última rodada do campeonato.

Ano passado deu Flamengo, “contra” Internacional-RS e São Paulo FC e, 2010, os louros foram para a já característica campanha de regularidade empreitada pelo técnico Muricy Ramalho, dessa vez junto ao “tricolor carioca”, o Fluminense Football Club.

Dispondo de uma equipe mesclada de jogadores ditos “veteranos” com novos valores do futebol nacional, o time do Fluminense - que chegou a equação matemática de 98% de chance de ser rebaixado para a Série B no ano passado – apresentou uma estrutura tática e técnica que fez com que as jogadas de maestria do argentino Conca, ou do repatriado Deco, sempre encontrasse um dos “centro-avante”, como Washington ou Fred disposto a marcar gols.

Após o fracasso da “Seleção” Brasileira na Copa da África, no meio do ano, Muricy Ramalho recebeu o convite do eterno presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para comandar o futuro da Canarinha e, após o “Sim” pessoal, Muricy deixou que a diretoria executiva do Fluminense aceitasse, ou não, sua saída e a conseqüente quebra de contrato... e, como se todos já soubessem, ou tivessem nele a esperança do futuro sucesso, negaram-lhe a saída, permitindo (ou obrigando) que a contra-prestação dos seus serviços continuassem vinculados ao clube carioca. E, “cá pra nóis”, um técnico espetacular como Muricy Ramalho não merecia “pagar mico” na “Seleção” de jogadores da CBF.

Após um início de campanha que pouco prognosticava a conquista do campeonato, a diretoria investiu pesado na contratação de nove jogadores, entre eles Carlinhos, Deco, Washington e Emerson (autor do “gol do título”) e o time engendrou uma invencibilidade de 15 jogos, disparando na disputa com o Corinthians pelo primeiro lugar na tabela, ora oscilando, recuperando a posição à três rodadas do fim do certame.

No domingo, 05 de Dezembro de 2010, mais de duas décadas após a conquista do “Nacional” em 1984, o Fluminense Football Club se sagrou campeão do Campeonato Brasileiro de Futebol, competição dividida em quatro séries, sendo a Série A considerada a “elite” entre os demais.

Celeiro de grandes craques no passado, o time do Fluminense ressurge no cenário nacional, inclusive, com o direito de disputar a cobiçada Taça Libertadores da América no próximo ano, título detido apenas por meia-dúzia de clubes brasileiros.

Nosso campeonato não tem mais os emocionantes “play-offs” mas, um título decidido na última rodada, com três clubes disputando e, cada gol sendo fundamental para quaisquer dos intentos, é adrenalina demais para o torcedor brasileiro: os que torcem à favor e, claro, os que trocem contra!

0 comentários: