O Sentido de Rezar

Posted: sábado, 25 de setembro de 2010 by Emmanuel do N. Sousa in
0


Infelizmente somos catequisados de forma a acreditar que na vida existe uma oração mágica para cada tipo de problema que temos para que Deus "resolva-o" e por isso não devemos nos desvirtuar da fé.

Deus é colocado como ponto de partida e de chegada: sendo ele responsável por gerar o caso, conduzir o processo e elucidar o problema ("como Deus quer")!

É muito fácil creditar as dádivas e as bênçãos à Deus, como também é infinitamente mais fácil impor-lhe o ônus pelas nossas falhas, perdas e insucessos ("Deus quis assim").

A verdade, meus crédulos irmãos, é que não existe nenhuma fantasia religiosa aplicada à vida real.

Existe, SIM, uma fé que nos remete a uma força maior, que nos submete ao Criador, uma energia que nos inflama a acreditar em algo intangível porém de atos concretos.

Posso dizer, com conhecimento de causa, tanto de vida religiosa como de experiências tristes, que Deus está no íntimo de cada um de nós. Nós rezamos, e seguimos determinada crença religiosa, para nos fortalecermos de bons sentimentos, para seguir os exemplos de virtude dos grandes homens e grandes mulheres que permeiam a História da humanidade, contidos na Bíblia Sagrada, visando fortalecer nosso próprio espírito.

Portanto, quando nos aproximamos de um momento delicado como o que ora aguardamos, nós devemos rezar para termos forças para suportar os obstáculos e as adversidades que a vida pode estar para nos impor, o ato de rezar não deve representar a tentativa de realizar um forte desejo mas, sim, deve ser realizado como fonte de abastecimento espiritual próprio.

É por isso que ouvimos tantas pessoas desprovidas de religião que buscam o "Deus" desconhecido nas horas de dificuldade, "entregam-Lhe" a responsabilidade e, ocorrendo o insucesso, culpam-Lhe por isso.

Sou religioso praticante e criarei minha filha dentro dos ensinamentos cristãos mas, NUNCA, fazendo com que ela pense que somos marionetes de um ser maior ou que tudo se resolverá se ela fizer a oração certa, na hora devida.

A oração, meus irmãos, é o respiro da alma, o supro do espírito!

0 comentários: