Conheçam Ben Self, o Marqueteiro de Obama!

Posted: sexta-feira, 25 de setembro de 2009 by Emmanuel do N. Sousa in
1


Está explicado porque o Congresso Nacional se empenhou tanto em promover as mudanças quanto a utilização ampla da internet nas campanhas eleitorais, com vistas ao pleito vindoudo de 2010...

Caríssimos leitores, conheçam Ben Self: cidadão americano, 32 anos, especialista em Ciência da Computação e... considerado o mais eficaz marqueteiro para os políticos que sonham alto.

Ben Self trabalhava nos departamentos de tecnologia de companhias do setor bancário e de seguros dos EUA quando, em 2008, ele se uniu à equipe de campanha do então candidato Barack Obama e, simplesmente, revolucionou os padrões tradicionais de campanhas políticas ao fazer da internet a principal ferramenta na promoção do candidato democrata à Casa Branca.

Segundo o Portal Terra, a Blue State Digital, empresa de Self, foi responsável por captar mais de US$ 300 milhões por meios virtuais, correspondendo a 47% do capital total arrecadado para a campanha que elegeu Barack Obama, o primeiro presidente negro da História americana.

Agora, vem a máxima. Claro, falemos de Brasil!

Pesquisas recentes demonstram com clarevidência que José Serra já desponta na preferência do eleitor brasileiro para suceder o presidente Luís Inácio nas eleições de 2010 e constatam, também, um alto índice de rejeição imposto à candidata natural do PT, a ministra Dilma Rousseff.

Pois bem! O desafio de Ben Self é desenvolver uma estratégia aos moldes utilizados na campanha de Obama para que a ministra-chefe da Casa Civil aporte ao Palácio do Planalto.

Ainda segundo o Portal Terra, que conseguiu uma entrevista exclusiva com o próprio Self, que disse "Estamos trabalhando com o partido (PT) a fim de ajudar a fazer planos para a próxima eleição presidencial", o PT nega a contratação da empresa Blue State Digital descartando, inclusive, parcerias futuras.

Depois de todo sucesso alcançado pelo presidente Lula, é improvável que o PT não esteja se articulando para reverter o quadro preferencial do eleitor à Dilma, para manter-se na conduta do Governo Federal Brasileiro.

1 comentários:

  1. J. JUNIOR says:

    CONSIDEREMOS QUE ESTA CONTRATACAO ACONTECA. CERTAMENTE NOSSO AMIGO BEN TRAZ EM SEU CURRICULO EXPERIENCIA MAIS QUE SUFICIENTE PARA ANGARIAR RECURSOS NESTA NOVA FASE DA POLITICA BRASILEIRA. CERTO E QUE, EM MINHA OPINIAO, DIFICILMENTE QUALQUER MARKETEIRO CONSEGUIRA ELEVAR O NOME DA DILMA, SE NAO ATRELAR O NOSSO PRESIDENTE DIRETAMENTE A SUA CANDIDATURA. AINDA ACHO QUE NAO SERIA O NOME IDEAL. APOSTARIA NO CIRO, POR EXEMPLO.