"Ele foi o melhor pai que eu poderia imaginar..."

Posted: segunda-feira, 13 de julho de 2009 by Emmanuel do N. Sousa in
1


Durante a realização do Réquiem, promovido para o cantor Michael Jackson, em Los Angeles, no último dia 07 de Julho, muito se elogiou a magnitude do evento; sua organização, as atrações, a participação dos fãs...

Dentre os presentes, ninguém se destacou mais pela sua participação, do que a própria filha do astro, Paris Jackson, de 11 anos, que encerrou, literalmente, encerrou o evento onde, em poucas palavras “calou a boca” de qualquer pessoa que ainda tivesse algum sentimento de aversão ao Michael Jackson pai!

A pequena Paris foi quem menos falou, e quem mais disse!

Não haviam mais palavras e serem ditas após o relato expontâneo, sucinto, inocente e emocionante da infanta órfã.

“Eu só queria dizer que, desde que eu nasci, o papai foi o melhor pai que eu poderia imaginar. Só queria dizer que eu te amo tanto."

Somente um filho pode dignificar a memória de um homem, no exercício das suas funções paternas.

Nada mais a declarar!

1 comentários:

  1. André Aires says:

    "Somente um filho pode dignificar a memória de um homem, no exercício das suas funções paternas."
    Às favas se Michael Jackson foi bom pai, ou não, mas ESSA FRASE FOI FÓDA, Emmanuel.