XIV EJC Catedral - Equipe Trânsito e Sociodrama

Posted: sábado, 23 de maio de 2009 by Emmanuel do N. Sousa in
1


É impressionante como, depois de tantos anos participando do EJC a gente ainda não tenha se acostumado com essa sensação do pós-encontro!

Que sensação boa; é como se o mundo estivesse em ‘stand-by’ somente pra nós! Tudo parado para que pudéssemos assimilar a intensidade do trabalho exercido em três dias.

Infelizmente, nosso trabalho não foi tão, duramente falando, intenso durante o final de semana, que pudesse deixar a nossa cabeça martelando as lindas e profundas músicas que são entoadas pela Bandinha ou pela Vigília, ou quem sabe pelo corre-corre que envolveu a Cozinha, ou o Lanchinho...

Mas, com certeza, durante essa semana, em nossa lembrança ficaram lampejando de minuto em minuto um dos cerca de 140 jovens que nos olhavam fixamente desde as 18:00 da sexta-feira... Quem sabe até procurando um sentido para haver um bando de malucos fantasiados, agindo como professores do ensino infantil e, além de tudo, tentando mostrar que, naquilo tudo estava a presença de Deus.

É difícil discernir, na ótica do encontrista, que tudo que o circunda, naquele momento, tem um propósito. E, como fora possível transparecer este propósito através da equipe do Trânsito e Sociodrama de 2009?

Eu vos digo!

Através da integração de um grupo de jovens altamente descontraídos, sem exceção, que abraçaram o intento da equipe e doaram-se ao máximo nesse findo XIV EJC da Paróquia da Catedral.

Como já dissera, ainda não me sinto no papel de “casal” ante as atribuições desenvolvidas em minhas últimas participações no EJC... Claro, minhas responsabilidades multiplicaram-se, mas, meu espírito no EJC ainda é o mesmo desde aquele longínquo mês de Agosto de 1995.

O melhor ainda, é aliar essa condição à experiência acumulada.

Apraz-me viver e reviver momentos felizes a cada novo ano... foi preciso meu retorno em 2007 pra ter certeza do quanto esse ambiente me fez falta!

Se, mais uma vez, me senti enaltecido neste ano, é porque a presença de vocês me fez bem.

Independente da ausência que cada um promoverá na convivência do outro, a partir de hoje, a lembrança que ficará, pelo menos pra mim, é aquele abraço coletivo e fraterno no encerramento do encontro, onde “fotografamos” a alegria espontânea transfigurada em sorrisos e lágrimas que pacientemente escorriam pelas nossas faces.

Minha caminhada difere, e muito, da que vocês vêm percorrendo... já estou lááááá na frente (risos). Mas, de vez em quando, eu dou uma parada para me abastecer. E, meu reabastecimento dessa vez durou cerca de dois meses, e o combustível que usei foi a irreverência, a alegria, a espontaneidade, a doação, a simpatia, a beleza, o companheirismo e o sorriso de cada um de vocês.

Muito obrigado por me fazer tão feliz. Um beijão bem grande e um forte abraço no coração de cada um de vocês, integrantes da equipe Trânsito e Sociodrama do XIV EJC da Paróquia da Catedral.

1 comentários:

  1. D@ni says:

    Ah, vou comentar. kkkk. Pôxa Emanuel, fico feliz em saber que vc tbm faz parte desse mundo maravilhoso que são os EJC e ECC. Eu e Saul fizemos ECC em 1998, fantástico. Depois disso trabalhamos em alguns encontros, inclusive na esquipe do trânsito tbm. Posso te afirmar que não difere em nada do EJC, apenas os testemunhos que têm uma novo direcionamento, mas só. Infelizmente tem nos faltado tempo para continuar nessa obra, mas ainda assim, desejamos muito voltar. Grande abraço.