Extorsão no Parque do Povo

Posted: sexta-feira, 15 de junho de 2007 by Emmanuel do N. Sousa in
1

Nos últimos anos não tenho sido um dos mais regulares freqüentadores do Parque do Povo. Porém, nesse tempo, tenho me constrangido quando preciso estacionar em seus arredores. Os terrenos baldios são preparados para receber os veículos e para explorar a situação. Neste ano, são cobrados R$ 10,00 (dez reais) pela estada.
Certo. O uso do estacionamento provavelmente manterá o carro seguro.
Quem não pode, não quer ou não encontra vagas nos ‘estabelecimentos’, recorrem às vias marginais. E aí que vem o pasmem!!!

RUA
[Do lat. ruga, 'ruga', posteriormente 'sulco', 'caminho'.]
S. f.
1. Via pública para circulação urbana, total ou parcialmente ladeada de casas.

Qual o direito que tem os populares ‘flanelinhas’ de cobrarem pela permanência dos veículos estacionados nas ruas?!?! Com que autoridade esses contraventores lhe condicionam uma senha informando, inclusive, o valor que deve ser pago à eles?!?!
Nem prefeitura, nem polícia, nem Ministério Público tomaram nenhuma atitude quanto à isso desde o início de sua prática.
Todos têm direito à buscar ganhar a vida de forma digna. Mas, extorsão é demais!
Esses marginais devem ser tratados como marginais.
Pra mim, ‘guardador de carros’ em época de São João é uma bando de ladrões, que se aproveitam da necessidade dos motoristas para praticar extorsão.
Com a palavra, o Ministério Público, a Polícia e demais órgãos governamentais.

1 comentários:

  1. Rodrigo says:

    Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.